Cartão de crédito novucard

Parcelamento no cartão de crédito: vantagens e desvantagens

Parcelamento no cartão de crédito: vantagens e desvantagens

Adiar o pagamento da primeira parcela e antecipar compras são alguns dos principais benefícios, mas é preciso ficar atento à fatura para não se endividar.

O cartão de crédito já faz parte da vida do brasileiro. Dados de 2021 da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), em parceria com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), apontam que três em cada quatro brasileiros possuem ao menos um cartão de crédito.

Quando se fala em parcelar compras, os números também são altos: 75% dos usuários de cartão de crédito costumam dividir o valor total da compra em mais de uma parcela. Porém, com certa frequência costumamos ouvir especialistas em finanças dizerem que o cartão de crédito pode ser um vilão no final do mês. Será mesmo?

Entender quais são as vantagens e desvantagens do cartão de crédito é fundamental para que você possa tirar proveito de todos os benefícios que ele pode oferecer – sem se complicar na hora de pagar a fatura. E nesse artigo nós explicamos em detalhes para você como se dar bem usando o cartão de crédito.

O que são compras parceladas?

O cartão de crédito funciona como uma espécie de empréstimo instantâneo, mas sem burocracia. Parcelar compras significa dividir o valor total a ser pago por um produto em parcelas iguais mensais. Quando você faz uma compra parcelada no cartão de crédito quem faz o pagamento para a loja não é você, mas sim a operadora do cartão.

Esse dinheiro que você tomou emprestado deve ser devolvido – com ou sem juros – na data de vencimento da fatura do cartão de crédito. Caso você não pague o valor devido na data correspondente, sobre essa quantia incidirão juros, a serem pagos na fatura do mês seguinte. 

A lógica é simples, mas é preciso ter atenção para não gastar mais do que o seu orçamento permite. Essa relação se dá com o limite do seu cartão – que é o valor máximo que pode ser gasto, somando-se todas as parcelas que ainda estão por vencer.

Um exemplo: suponha que o limite do seu cartão de crédito é de R$ 5 mil e você pretende comprar um celular que custa R$ 6 mil, parcelado em 10 vezes de R$ 600. Ainda que o valor da parcela caiba no seu orçamento, a compra não será aprovada, uma vez que o total é maior do que o seu limite.

Por outro lado, caso o valor do celular fosse R$ 4 mil, então você poderia parcelar a compra em dez vezes de R$ 400. Nesse caso, restariam ainda R$ 1 mil para uso em outras compras. Seu limite, portanto, corresponde ao valor total concedido a título de empréstimo pela operadora do cartão.

As principais vantagens da compra parcelada

Há muitos benefícios relacionados ao parcelamento de compras. A maior delas, sem sombra de dúvidas, é a possibilidade de fazer compras sem ter em mãos o dinheiro disponível na hora. É como se você adiasse o pagamento da primeira parcela para uma data mais oportuna. 

Não perca oportunidades por falta de dinheiro

Poder fazer compras sem ter em conta o dinheiro necessário para pagar um item é o principal benefício do parcelamento no cartão de crédito. Isso permite que você aproveite oportunidades ou tenha dinheiro para emergências sem comprometer seus investimentos ou precisar recorrer a empréstimos com taxas de juros mais altas.

Um exemplo: suponha que é dia 28 de março e apareceu um produto que você quer muito com desconto de 20%. Porém, seu pagamento só virá daqui 10 dias e até lá o preço já não será mais o mesmo. Com o cartão de crédito você pode fazer a compra hoje, parcelar o valor, e o pagamento da primeira parcela será apenas na data de vencimento da sua fatura do cartão.

Faça itens mais caros caberem no seu orçamento

O parcelamento no cartão de crédito traz outras vantagens, como fazer com que um item caro caiba no seu orçamento. Por exemplo, pense em uma SmartTV que custa R$ 4 mil. Se você ganha R$ 5 mil, comprometer 80% da sua renda de uma só vez neste item, podem tornar a compra inviável.

Porém, a loja oferece a opção de parcelar esse valor em 10 vezes no cartão de crédito. Isso significa que você pagará apenas R$ 400 por mês – o que corresponde a 8% da sua renda mensal. Assim, com planejamento, é possível viabilizar a compra dos mais diversos itens, desde que o valor total não seja maior do que o seu limite.

Leia também:

Com o novücard suas compras viram aumento de limite

Essa é uma vantagem que só o novücard oferece. Seus gastos no cartão de crédito podem se transformar em um limite maior para as suas compras futuras. Funciona assim: 1% de todas as suas compras pagas em dia e integralmente com o novücard viram limite no seu cartão. 

Ou seja, quanto mais você usa o cartão, mais limite terá, sem precisar comprovar renda. Basta pagar a sua fatura em dia para ver o limite do cartão crescer. Ah, o limite é rotativo. Ou seja, à medida que você paga uma fatura, o valor fica disponível para novas compras.

*O Limite Adicional só é válido para clientes com limite de crédito aprovado.

Aproveite benefícios extras

Como forma de incentivar o uso do cartão de crédito, algumas operadoras oferecem ainda benefícios extras, como descontos em parceiros, dinheiro em forma de cashback ou, no caso do novücard, limite a mais no seu cartão todos os meses com o Limite Adicional.

Fique atento às vantagens que a sua operadora de cartão oferece e tire proveito desses recursos para economizar ainda mais.

As principais desvantagens das compras parceladas

Como tudo na vida, há também desvantagens no uso do cartão de crédito, e você precisa conhecê-las para evitar gastar mais do que pode e não perder o controle sobre as suas finanças.

Você não ganha descontos maiores

Muitas lojas oferecem um desconto bem generoso para quem faz compras à vista. Quem paga com cartão de crédito acaba não tendo acesso a essas opções e paga o valor “cheio” de um produto em troca do benefício de poder parcelar a compra.

Lembra do exemplo acima da SmarTV de R$ 4 mil? Ela pode sair por R$ 3,5 mil se você optar por pagar à vista, o que representa uma economia de R$ 500. Porém, essa opção só funciona se você já tiver o valor total em mãos.

É fácil se perder nas contas

Se você não faz um uso inteligente do cartão de crédito, fica fácil se perder em meio a tantos parcelamentos e você pode acabar gastando mais do que dá conta de pagar. Se você comprometer todo o limite com compras que vencem já no mês seguinte, por exemplo, poderá ter dificuldade para pagar o valor integral da fatura.

Ainda que o cartão de crédito permita que você pague um valor mínimo, essa não é uma boa opção, pois sobre o valor devido haverá incidência de juros. Tente sempre pagar o valor integral da fatura e, por isso, não abuse gastando todo o limite de uma vez.

Parcelamento com juros x sem juros: qual a diferença?

Esse é outro item ao qual você deve prestar bastante atenção na hora de fazer uma compra. Algumas lojas oferecem parcelamento no cartão de crédito com juros e sem juros. Por exemplo, um produto pode ser parcelado em até dez vezes, mas somente em até três parcelas o pagamento é sem juros.

Isso significa que, em busca de uma parcela menor, pode ser que você acabe pagando mais do que deveria em um determinado item. Fique de olho no valor total da compra, e não apenas no valor da parcela. Lembre-se ainda que é o valor total que impacta diretamente no seu limite, e não a parcela em si. 

Sempre que possível, opte por parcelamentos sem juros. Estender parcelamentos em muitos meses pode encarecer demais o valor final. Tente buscar um equilíbrio.

Afinal, cartão de crédito é uma boa ou uma armadilha?

O cartão de crédito é uma ótima ferramenta de compras, desde que você conheça bem as regras e saiba aproveitar os benefícios que ele oferece. Há vantagens e desvantagens, mas os benefícios são maiores para aqueles que conseguem se planejar e gastam dentro do orçamento, sem comprometer os ganhos mensais.

A armadilha está na sensação de que o crédito é infinito. Tenha em mente que mesmo as compras pequenas, que parecem não pesar tanto no orçamento, quando somadas podem comprometer uma parcela significativa do seu limite – e é aí que muitos acabam se perdendo.

Além disso, evite pagar o valor mínimo da fatura. Sempre que possível, dê preferência para pagar o valor total devido. Se a fatura está vindo com um valor mais alto do que o que o seu orçamento permite, então é sinal que você precisa rever o seu planejamento financeiro.

Conclusão

Ter um cartão de crédito é essencial nos dias de hoje. Além de simplificar a maneira como fazemos compras, eles nos dão oportunidades de ter acesso a benefícios e a parcelar compras de maneira prática, sem precisar recorrer a empréstimos com juros altos e contratação burocrática.

Porém, é preciso ter controle financeiro para não cair na tentação de sair usando o cartão por aí sem pensar nas consequências. Entender como funcionam os mecanismos de limite e juros sobre o valor mínimo da fatura é fundamental para não se endividar.

Como toda ferramenta financeira, o cartão de crédito deve ser usado com inteligência. Ele por si só não é um vilão, como muitos insistem em apontar, mas para isso você deve fazer a sua parte e usá-lo de maneira consciente.