Cartão de crédito novucard

logo novucard 4

Liderança feminina: 3 mulheres que mudaram de vida com seus negócios

Liderança feminina: 3 mulheres que mudaram de vida com seus negócios

No Dia Internacional da Mulher, celebramos a força e perseverança de mulheres que superaram obstáculos e construíram seus próprios negócios

O Dia Internacional da Mulher é comemorado no dia 8 de março e marca uma luta histórica das mulheres por mais direitos, como votar, estudar e ter melhores condições de trabalho. Essas lutas estão longe de terminar, mas muitas mudanças positivas estão acontecendo, principalmente no mundo dos negócios.

Dados do Sebrae revelam que, em 2022, 34,4% dos negócios no país foram liderados por mulheres, um aumento de 4% em relação a 2019, totalizando mais de 10 milhões de mulheres comandando seus negócios.

Celebrando a força do empreendedorismo feminino, apresentaremos a história de algumas dessas líderes que superaram desafios e construíram negócios de sucesso, mudando suas vidas e impactando outras milhares.

Zica Assis: de um sonho em Catrambi a um império de beleza natural

Nascida e criada na comunidade de Catrambi, no Rio de Janeiro, Heloísa Helena Belém “Zica” de Assis sempre sonhou com um produto que cuidasse dos seus cabelos crespos e volumosos, valorizando sua identidade sem recorrer ao alisamento. 

Essa busca a levou a fundar o Instituto Beleza Natural em 1993, abrindo caminho para uma nova era no cuidado de cabelos crespos e cacheados no Brasil.

A superação e os desafios

Zica não teve uma vida fácil. Filha de um pai pedreiro e de uma mãe lavadeira, ela precisou trabalhar desde cedo para ajudar no sustento da casa. Apesar das dificuldades, ela nunca desistiu do seu sonho.

A fórmula revolucionária

Após se dedicar a um curso de cabeleireira e passar dez anos em experimentos caseiros, Assis finalmente encontrou a fórmula do Super-Relaxante, um produto que ajuda no controle de volume dos cabelos crespos sem danificar.

Essa descoberta abriu caminho para que outras mulheres assumissem seus fios naturais com orgulho.

“A minha história de empreendedorismo nasce do orgulho que eu tinha do meu próprio cabelo”.
Zica Assis em entrevista ao site Mundo Negro
Foto de Zica Assis sentada em uma poltrona
Créditos: Instagram pessoal (@zicaassis)

O sucesso do Instituto Beleza Natural

O sucesso do Instituto Beleza Natural foi imediato. A empresa se tornou referência nacional em cuidados com cabelos crespos e cacheados, com 49 unidades em todo o Brasil, mais de 4 mil colaboradores e 130 mil clientes por mês.

Zica Assis se tornou um exemplo de empoderamento e orgulho da identidade afro-brasileira.

Além disso:

  • Zica Assis foi eleita pela Forbes como uma das mulheres mais poderosas do Brasil em 2020.
  • O Instituto Beleza Natural foi premiado como a melhor empresa de cosméticos para cabelos crespos e cacheados pela Revista Glamour em 2021.
  • Zica Assis é palestrante convidada em eventos sobre empreendedorismo e empoderamento feminino.

Alzira Ramos: um doce empreendimento de sabor e resiliência

Desempregada aos 60 anos, após pedir demissão para cuidar da sua mãe doente, Alzira Pereira Martins Ramos enfrentou o desafio de se reinserir no mercado de trabalho. Com a morte de sua mãe e problemas financeiros, ela decidiu usar suas habilidades culinárias para fazer bolos. 

O início de um negócio

O que começou com uma tentativa de gerar renda a partir da cozinha de seu pequeno apartamento na Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro, rapidamente se transformou em um empreendimento.

Alzira então começou a produzir cerca de 100 bolos por dia. Sem equipamentos profissionais e em uma cozinha pequena, Alzira se viu obrigada a transferir seu negócio para o local onde seu marido tinha uma loja. E assim nasceu a primeira unidade da Fábrica de Bolo Vó Alzira.

“Jamais esperei este sucesso. Eu realmente só queria ajudar a pagar as despesas da casa. [...] Aí tive que chamar uma menina para trabalhar comigo e logo depois abri a primeira loja”.
Alzira Ramos em entrevista à Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios
Foto de Alzira Ramos atrás de uma mesa com bolos
Créditos: O Globo

Crescimento e expansão

A Fábrica de Bolo Vó Alzira cresceu tão rápido que Ramos chamou seu filho para administrar o negócio e, em 2013, teve início uma nova etapa nessa história. Partiu de Alexandre, seu filho, a ideia de expandir as operações através de franquias e a primeira unidade foi aberta também no Rio de Janeiro.

Essa inauguração marcou o início da expansão da franquia por todo o país, com lojas em Florianópolis, Fortaleza, Maceió, Minas Gerais, Vitória, João Pessoa, Uberlândia e na Grande São Paulo. 

Em 2022, os bolos de Alzira chegaram aos Estados Unidos, com a abertura de uma unidade em Orlando, no estado da Califórnia.

Ana Fontes: transformando sonhos em realidade para milhões de mulheres

Ana Fontes é destaque tanto no Brasil quanto no exterior por sua atuação como empreendedora social. Como fundadora da Rede Mulher Empreendedora (RME) e do Instituto RME, Fontes já impactou mais de 10,5 milhões de mulheres e suas famílias no país, focando na autonomia e geração de renda delas.

Raízes e formação

Filha de um casal alagoano que migrou para São Paulo em 1970, Ana cresceu em Diadema e precisou começar a trabalhar cedo ao lado de seus sete irmãos para complementar a renda familiar.

Com o sonho de cursar jornalismo, mas enfrentando limitações de oportunidade e recursos, ela optou por seguir carreira na publicidade, marcando o início de sua carreira.

Conciliando os estudos e trabalho, ela não só conseguiu se formar, mas também se destacar a ponto de ser contratada pela Autolatina após um período de estágio na área de marketing. Sua carreira na Volkswagen, que se seguiu após a separação das montadoras, durou 18 anos.

Transição de carreira e o nasc imento de um grande projeto

Porém, a maternidade fez com que Ana repensasse sua trajetória. A adoção de sua segunda filha e o desejo de um ambiente de trabalho mais acolhedor a levaram a deixar o setor corporativo para empreender. 

Foi assim que nasceu a Rede Mulher Empreendedora, uma plataforma dedicada ao apoio, capacitação e empoderamento de empreendedoras brasileiras.

“Olhando para trás, me sinto muito feliz com o que eu consegui conquistar com a Rede. [...] Fico feliz de ter chegado até aqui com duas filhas, levando uma vida minimamente confortável e trabalhando para construir uma sociedade mais justa”.
Ana Fontes em entrevista para a Revista Exame.
Foto de Ana Fontes sorrindo
Créditos: Instagram pessoal (@anafontesbr)

Sob a liderança de Ana, a RME e o Instituto RME impactaram milhões de mulheres com programas educacionais, mentorias e acesso a recursos financeiros

Conquistas e reconhecimentos

Seu trabalho ganhou reconhecimento e diversos prêmios como o LinkedIn Top Voices em 2020, Empreendedora do Ano pela Revista IstoÉ Dinheiro em 2021 e o Empreendedor Social 2023, da Folha de S. Paulo, na categoria Inclusão Social e Produtiva.

Ana também desempenha um papel importante na representação empreendedora feminina junto ao W20, uma iniciativa vinculada ao G20 com o objetivo de promover melhorias nas condições de vida das mulheres globalmente. Como vice-presidente do Conselho do Pacto Global da ONU no Brasil, ela contribui com estratégias que visam o empoderamento feminino.

Bônus: Camila Achutti e a presença feminina na tecnologia

Camila Fernandez Achutti, nascida em 21 de dezembro de 1991, foi inspirada pela paixão de seu pai pela programação, que ditava códigos em COBOL por telefone na madrugada. 

Desde sua formação em Ciência da Computação pela USP, onde descobriu o encanto pelo front-end, até se tornar a primeira estudante latina a receber o prêmio Women of Vision em 2015, Achutti tem sido uma grande figura na inclusão feminina no setor tecnológico.

Liderança e inovação

Fundadora do blog Mulheres na Computação e CEO da Mastertech, referência em ensino de programação e transformação digital, ela superou os desafios do sexismo na área e se dedicou à educação e à transformação digital.

“Descobri na tecnologia a minha grande aliada para mudar o mundo”.
Camila Achutti em entrevista para a Forbes.
Foto de Camila Achutti em palestra
Créditos: Instagram pessoal (@camilaachutti)

Reconhecimento e o impacto de seu trabalho

Reconhecida pela Forbes Under 30 em 2017, Camila também ministrou uma palestra TEDx em um estádio de futebol, além de viajar por todo o Brasil para ensinar mais de 15.000 jovens na Amazônia e em comunidades do Rio de Janeiro a desenvolver aplicativos.

Além de sua atuação empresarial, Achutti também é professora de engenharia no Insper e é uma figura ativa no debate sobre a diversidade na área da programação, trabalhando para derrubar barreiras que ainda impedem muitas mulheres de alcançar seu potencial na ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

Elas são apenas alguns exemplos de milhares de mulheres que, todos os dias, desafiam as “regras” impostas por uma sociedade construída por padrões machistas e assim escrevem suas próprias histórias de sucesso.

Assim como Zica, Alzira, Ana e Camila, você também pode deixar sua marca no mundo, inspirar outras mulheres e ajudar a construir ambientes femininos de escuta, respeito e protagonismo.

Autor

Caroline Raiser é estudante de jornalismo, responsável pelas comunicações das redes sociais e do blog do novücard, escrevendo sobre finanças e tecnologia.

Desenvolvido por: Bulki e WPTotal